Game of Thrones Wiki
Advertisement
Game of Thrones Wiki

Winter Is Coming é o primeiro episódio da primeira temporada de Game of Thrones. É o primeiro episódio da série ao todo. Estreou em 17 de abril de 2011, foi escrito por David Benioff e D.B. Weiss e dirigido por Tim Van Patten.

Sinopse

Um desertor da Patrulha da Noite preocupa Lorde Ned Stark. O Rei Robert chega a Winterfell e o exilado Viserys Targaryen forja aliança.

Enredo

Para lá da Muralha

Três patrulheiros da Patrulha da NoiteWill, Gared e Sor Waymar Royce―viajam para lá da Muralha com o objetivo de rastrear um grupo de selvagens que estavam causando problemas a Patrulha. Will os encontra mortos, mas com seus cadáveres estranhamente mutilados e colocados em posição de um estranho círculo partido ao meio. Ele inclusive encontra o corpo de uma criança empalada no tronco de uma árvore. Ao reportar isso aos seus irmãos, Sor Waymar zomba da situação enquanto Gared sugere voltar a Muralha, alegando que o trabalho deles estava feito. Waymar, no entanto, persiste em ver os corpos com seus próprios olhos.

Ao chegar no acampamento onde Will os havia encontrado, o trio não viu nada―aparentemente os corpos haviam sido removidos. Os três se separam e logo, Waymar é morto por um Caminhante Branco. Gared tenta fugir enquanto Will, que apenas havia ouvido os gritos, corre em direção ao acampamento. Ao se encontrarem, Will testemunha um Caminhante Branco decapitar Gared, e lançar a cabeça dele em sua direção.

Em Porto Real

A Rainha Cersei Lannister e seu irmão Jaime Lannister discutem sobre a morte do Lorde Jon Arryn na sala do Trono de Ferro, onde o corpo de Jon estava sendo preparado pelas Irmãs Silenciosas. Jaime pede para ela se acalmar, afirmando que qualquer que seja o segredo que Jon Arryn sabia sobre os Lannister, morreu com ele, e que agora o Rei Robert I Baratheon iria escolher uma nova Mão do Rei para reinar em seu lugar enquanto usufruía de sua luxuria.

No Norte

Enquanto via seus filhos, Bran, Robb Stark, e Rickon Stark, assim como seu bastardo Jon Snow, praticarem com o arco, Lorde Eddard Stark e sua esposa, Lady Catelyn, são surpreendidos por Sor Rodrik Cassel e o protegido de Ned, Theon Greyjoy, afirmando que soldados haviam capturado um desertor da Patrulha da Noite―Will, que ao invés de voltar a Castelo Negro e reportar o que ocorreu com seus irmãos, decidiu fugir da Patrulha e desertar. Eddard decide então levar Robb, Jon e Bran para a execução, mesmo com Catelyn protestando que Bran era muito novo para isso.

Ao encontrar Will, ele tenta contar a Ned Stark sobre os Caminhantes Brancos, mas é executado pela sua deserção. Jon pede para Bran manter os olhos fixos em Will enquanto seu pai o executava, e após fazê-lo, Jon o elogia enquanto Robb o conforta. Ned então perguntou ao seu jovem filho se ele sabia o porque de ter sido ele, e não um carrasco, a executá-lo. Bran pergunta se era por que os Stark seguiam o Costume Antigo, e Ned confirma. A criança então pergunta a seu pai se ele acreditou no que Will disse sobre os Caminhantes Brancos, cujo Ned respondeu que um homem louco vê o que vê.

Voltando a Winterfell, o grupo encontra o corpo dilacerado de um veado, e próximo a ele, a carcaça de uma lobo gigante com cinco filhotes próximos. Ned queria matar como crias de lobo, afirmando que sem como mães não sobreviveriam, mas Bran insiste em ficar, e Jon pontua que o lobo gigante é o símbolo da Casa Stark. Ned então dá permissão para seus filhos criarem os pequenos lobos, mas que ficariam sob tutela e responsabilidade deles. Enquanto iam embora, Jon encontra uma sexta cria―o menor da ninhada e albino. Theon zomba afirmando que aquele seria de Jon.

No Bosque Sagrado, Catelyn avisa seu marido da morte de Jon Arryn―que criou Ned e Robert no Ninho da Águia como irmãos―e avisa que o rei estava a caminho de Winterfell. Os Stark então preparam o castelo para a visita real. Após chegar em Winterfell, Robert logo pede a Ned para ver como criptas onde jazia Lyanna Stark―a irmã falecida de Ned, morta durante a Rebelião de Robert após ser sequestrada por Rhaegar Targaryen. Robert afirma que se não fosse a morte de Lyanna, eles estariam ligados por sangue, mas que ainda não era tarde, e sugere um casamento entre Sansa e Joffrey. Ele também nomeia Ned como a nova Mão do Rei.

Durante o banquete, o irmão mais novo de Ned e Primeiro Patrulheiro da Patrulha da Noite, Benjen Stark, apareceu para conversar sobre Will e com o rei. Ele encontra Jon do lado de fora do salão, e ele explica que Catelyn não permitiu um bastardo em sua mesa na frente da família real. Benjen então sugere a Jon a Patrulha da Noite quando ele ficasse mais velho, porém o garoto pede para ir agora. Quando Benjen entra no salão, Tyrion Lannister conversa com Jon sobre sua bastardia, pedindo para ele não se esquecer de quem é e usar aquilo como uma armadura, para nunca ser ferido por isso.

Dentro do salão, Ned e Benjen conversam sobre os Caminhantes Brancos, lobos gigantes e a promoção de Ned. Cersei e Catelyn também conversam sobre o Norte e o casamento de Sansa e Joffrey. Arya Stark é mais tarde retirada da mesa após jogar comida na irmã, que flertava com Joffrey. Jaime também confronta Ned sobre um torneio que planejava fazer em Porto Real em homenagem a nomeação de Ned para o cargo de Mão do Rei, apesar de Ned afirmar que não participa de torneios.

Enquanto dormiam, Catelyn e Ned recebem uma carta de Lysa Arryn, irmã de Cat e esposa do falecido Lorde Jon Arryn. Ela afirmava que os Lannister haviam matado Jon e conspiravam contra Robert. Meistre Luwin então sugere que Ned aceite o cargo e investigue em Porto Real.

Mais tarde pela manhã, Robb, Benjen, Ned, Robert e outros saem para caçar. Bran decide então escalar a Torre Quebrada de Winterfell. Ao chegar próximo ao topo, ele vê Cersei e Jaime fazendo sexo. Apesar de tentar fugir, Jaime o agarra e o impede de sair. Cersei se desespera e Jaime joga Bran da torre, afirmando que o fazia por amor.

Em Pentos

Além do Mar Estreito, na Cidade Livre de Pentos, Daenerys Targaryen é forçada por Illyrio Mopatis e seu irmão Viserys Targaryen a se casar com Khal Drogo contra sua vontade. Ela recebe de Illyrio um novo vestido e se arruma para impressionar o Khal. Viserys conta a ela sobre o porque de seu cabelo ser tão longo: quando os Dothraki são derrotados, cortam suas tranças para mostrar ao mundo sua vergonha, mas Khal Drogo nunca perdera um combate, o que o tornava um dos maiores assassinos vivos.

Mais tarde ela afirma a Illyrio e Viserys que não queria se casar, mas seu irmão permanece decidido a formar uma aliança com os Dothraki, afirmando que deixaria todo o khalasar fazer sexo com Daenerys se fosse o custo para sua coroa.

Durante sua boda de casamento, Daenerys conhece Sor Jorah Mormont, um cavaleiro westerosi exilado da Ilha dos Ursos, e recebe de Illyrio três ovos de dragões. De Khal Drogo ela recebe uma égua, e monta junto a seu novo marido até uma costa calma, onde ele consumou o casamento estuprando Daenerys.

Aparições

Artigo principal: Winter Is Coming/Aparições

Primeiras

Mortes

Elenco

Estrelando
Estrelando também

Convidados

Dublês

  • Maxine Anthony
  • Coral Messam
  • Nwanokwu Kelechi
  • Sarita Piotrowski

Não-creditado

  • Owen Dickey como Apicultor de Winterfell
  • Tommy Dunne como Tommy
  • Boyd Rankin como Mikken
  • Robert Yates como Guarda Real
  • Caroline Davis como uma prostituta
  • Desconhecido como Jeyne Poole
  • Desconhecido como Cohollo
  • Desconhecido como Haggo
  • Desconhecido como Preston Greenfield

Notas do elenco

  • 18 de 19 membros do elenco recorrente para a primeira temporada aparecem neste episódio.
  • Jason Momoa (Khal Drogo) é creditado como 'estrelando também' durante o fim do episódio.
  • O ferreiro dos bastidores Tommy Dunne interpreta um barbeiro de Winterfell, também chamado de Tommy, em uma aparição não-creditada.
  • Asen Asenov, Alexis Barron, Ferenc Berecz, Talila Helen Craig, Matt Da Silva, Dave Fisher, Kinga Gavalda Kosa,Richard Hansen, Paul Jennings, László Kósa, Paul Lowe, Camilla Naprous, James O'Dee, Domonkos Pardanyi, Buster Reeves, Amie Stephenson, Ivailo Dimitrov, Robin Earle e William Willoughby foram dublês neste episódio.

Produção

Episódio piloto

O desenvolvimento da série começou em janeiro de 2007. Depois de adquirir os direitos da série de romances As Crônicas de Gelo e Fogo, escritos por George R.R. Martin, com a intenção de transformá-los em uma série de televisão, o canal HBO contratou David Benioff e D. B. Weiss para escreverem e serem os produtores executivos da série, que cobriria os principais acontecimentos de cada livro por temporada. O primeiro e segundo rascunho do episódio piloto, escritos por Benioff e Weiss, foram entregues em agosto de 2007 e junho de 2008, respectivamente. Apesar da emissora ter gostado deles, um piloto não foi encomendado até novembro de 2008.

Thomas McCarthy foi escolhido para dirigir o episódio, filmado entre 24 de outubro e 19 de novembro de 2009, em locações na Irlanda do Norte, Escócia e Marrocos. Em setembro de 2010, a HBO deu sinal verde para Game of Thrones. Entretanto, devido a razões artísticas e de seleção de elenco, foi decidido que o piloto não serviria como primeiro episódio e foi encomendada uma refilmagem.

Vários atores que aparecem no piloto original não retornaram para a série. Tamzin Merchant foi substituída como Daenerys Targaryen por Emilia Clarke e Jennifer Ehle foi substituída como Catelyn Stark por Michelle Fairley. Além disso, Ian McNeice foi substituído como Magíster Illyrio por Roger Allam e Richard Ridings como Gared por Dermot Keaney.

Outra diferença está no fato desse piloto possuir cenas gravadas na Escócia―onde o Doune Castle foi usado para recriar Winterfell―e no Marrocos―reutilizando cenários do filme Kingdom of Heaven para servir como Pentos, o lugar do casamento de Daenerys com Drogo. Na refilmagem, Winterfell foi criada combinando diferentes locações na Irlanda do Norte e todas as cenas de Pentos foram realocadas em Malta. O piloto original permaneceu sem ser exibido, e o novo primeiro episódio foi dirigido por Tim Van Patten, apesar de algumas cenas do original terem sido aproveitadas na edição final; isto inclui a parte em que Sansa conversa com Cersei e Catelyn (interpretada por outra atriz no piloto) e a cena de Ned e Robert na cripta de Lyanna.

Roteiro

Roteirizado pelos criadores do programa, David Benioff e D. B. Weiss, "Winter Is Coming" inclui os acontecimentos dos primeiros capítulos do primeiro livro de As Crônicas de Gelo e Fogo, A Guerra dos Tronos, com adaptações para caber em uma série de TV. Benioff e Weiss optaram principalmente pela redução significativa de grandes conversas e diálogos dos livros resumindo-os em cenas mais curtas na série, o que também deu espaço para criação de cenas originais onde os diálogos cortados dos livros entraram dando o entendimento total da trama. Ou seja, por exemplo, enquanto nos livros duas importantes informações eram dadas em uma única conversa, na série apenas uma dessas informações é dada na tal conversa e uma cena original é criada para inserir a segunda informação.

Além disso, a adaptação foi feita pensando em custos, como por exemplo, reduzindo as aparições dos lobos gigantes, a corrida de Daenerys com sua égua prata que ocorre nos livros e foi cortada da série, entre outras coisas. Cenas que tomam um grande tempo e percorrem diversos locais nos livros também tiveram de ser reduzidas na série para melhor ritmo do episódio. Por exemplo, a cena em que Daenerys conhece Drogo adapta o Capítulo 3, Daenerys I, de A Guerra dos Tronos, que cobre três locais diferentes: o palácio de Illyrio, a estrada para a mansão do Khal, e a própria mansão do Khal em si. Na série, apenas a mansão de Illyrio é usada para adaptar os acontecimentos destes três lugares.

Filmagens

As cenas exteriores da mansão de Illyrio foram filmadas no Verdala Palace, um palácio construído no século XVI e residência de verão oficial do presidente de Malta. Em Winterfell, um parque de carros serviu como pátio do castelo e uma adega para a cripta da família Stark. Na cena em que os Stark, ao retornar da execução, encontram um veado morto por uma loba gigante, um animal real foi usado ao invés de um falso; como o veado estava morto havia dois dias, ele fedia tanto que os atores tiveram que tomar cuidado para não demonstrar isso em seus rostos.

Diferenças dos livros

Artigo principal: Diferenças entre os livros e série de TV - Primeira Temporada

Este episódio adapta os seguintes capítulos de A Guerra dos Tronos:

  • Prólogo
  • Capítulo 1, Bran I
  • Capítulo 2, Catelyn I
  • Capítulo 3, Daenerys I
  • Capítulo 4, Eddard I
  • Capítulo 5, Jon I
  • Capítulo 6, Catelyn II
  • Capítulo 7, Arya I
  • Capítulo 8, Bran II
  • Capítulo 11, Daenerys II

As principais diferenças incluem:

  • Nos livros, é Gared quem escapa dos Outros, não Will. Este é morto por Waymar Royce reanimado.
  • Nos livros, Winterfell estava nevando durante esta época.
  • A cena de abertura onde Bran pratica com o arco é praticamente toda original, apesar de a parte em que Arya costurava com Sansa e a Septã Mordane parece ter sido retirada do capítulo 7, Arya I.
  • Fantasma não faz nenhum som nos livros, porém Jon consegue ouvi-lo enquanto se afastavam do cadáver da lobo gigante falecida. Isso provavelmente se deve ao fato de que todos os Stark filhos de Eddard são wargs nos livros, enquanto na série apenas Bran é um warg.
  • Nos livros, a chegada de Robert e Cersei é resumida pela perspectiva de Ned, afirmando que ambas as crianças dos dois foram apresentadas e aprovadas por ambas as partes. Tommen e Myrcella no entanto não tem nenhum destaque neste episódio.
  • A pena que Robert coloca na estátua de Lyanna é original da série e não ocorre nos livros.
  • Daenerys conhece Drogo em sua mansão em Pentos, dada pelos nobres da cidade para apaziguar os Dothraki. Na série, eles se encontram na mansão de Illyrio em uma apresentação breve.
  • O sexo de Daenerys e Drogo é consensual nos livros, enquanto na série é um estupro.
  • O banquete é resumido aos olhos de Jon nos livros, enquanto na série ele nem sequer chegou a entrar no salão. Por essa razão, vemos interações exclusivas da série, como Cersei, Catelyn e Sansa, Eddard, Benjen e Robb, Eddard e Jaime, entre outros.
  • Nos livros, Fantasma esta presente com Jon no banquete e durante sua conversa com Tyrion.
  • Nos livros, Bran caí da Primeira Fortaleza próxima a Torre Quebrada, enquanto na série ele cai da Torre Quebrada em si.

Recepção

Prévia

Em 3 de abril de 2011, duas semanas antes da estreia da série ir ao ar oficialmente, os primeiros quinze minutos de "Winter Is Coming" foram lançados como uma prévia no site do canal HBO. Dave Banks, da revista norte-americana Wired, achou a prévia "muito melhor do que o previsto. (Como isso é mesmo possível?)". Scott Stinson, do jornal canadense National Post, observou que "você sabe que não está assistindo a um drama de rede quando houve duas decapitações nos primeiros quinze minutos".

Audiência

O primeiro episódio de Game of Thrones obteve 2,2 milhões de telespectadores em sua exibição de estreia, com um adicional de dois milhões de espectadores nas reprises que foram ao ar na mesma noite. Um dia depois da estreia, a HBO exibiu o episódio mais seis vezes, adicionando 1,2 milhões aos números iniciais. As reprises que foram ao ar durante a semana elevaram a audiência para 6,8 milhões de telespectadores.

Resposta da crítica

A resposta da crítica ao primeiro episódio da série foi extremamente positiva. James Poniewozik, da revista TIME, o considerou uma "vitória épica", e Jace Lacob, do jornal The Daily Beast, chamou-o de "inesquecível". Alan Sepinwall, do site de noticias HitFix, escreveu que, embora fosse muito cedo para dizer se Game of Thrones pertencia ao "panteão HBO" com programas bem-sucedidos como The Sopranos e The Wire, ele tinha muitas coisas em comum com essas atrações. Sepinwall também qualificou o elenco como "realmente excepcional", e afirmou que a série é "banquete para os olhos", com todos os diferentes locais tendo seus próprios aspectos memoráveis.

Matt Fowler, do portal de entretenimento IGN, escreveu que o piloto "facilmente leva-nos, fielmente, através do livro, mas também consegue capturar o espírito majestosamente mórbido das páginas de Martin e transformá-las em televisão empolgante". Muito louvor foi dado aos valores da produção e da ação: Scott Meslow, da revista The Atlantic, afirmou que "o imenso elenco do programa é quase universalmente forte, e a terra de fantasia de Westeros parece viver, e parece fantástica". A sequência de abertura com uma vista aérea do mundo onde se passa a série, com as diferentes locações emergindo, também foi aclamada.

Matt Roush, da revista TV Guide, elogiou o tom adulto da atração, complementando: "Esteja preparado. Game of Thrones não é um épico de pipoca. É mais como um bife: sangue-avermelhado e cru, com osso e cartilagem". Em 19 de abril, menos de dois dias após sua exibição original, a HBO anunciou que a série tinha sido renovada para uma segunda temporada. Em uma teleconferência de imprensa, os executivos do canal anunciaram a sua satisfação com as avaliações iniciais, que compararam favoravelmente à sua outra série bem-sucedida, True Blood.

Curiosidades

  • O título do episódio é o lema da Casa Stark e tem sido amplamente utilizado no marketing da série de TV, nos livros e outros spin-offs. O lema serve como um aviso a ser preparado para o inverno, visto que as estações em Westeros são extremamente duradouras e rigorosas.
  • A música que toca nos créditos do episódio é uma edição da música de abertura. A trilha-sonora a nomeia como "Game of Thrones".
  • Este episódio marca a primeira menção a Lorde Tywin Lannister, Lady Lysa Arryn e Robin Arryn.
  • A cena em que os Starks encontraram os filhotes de lobos foi a primeira cena escrita por George R.R. Martin no primeiro livro da série As Crônicas de Gelo e Fogo, A Guerra dos Tronos. É o segundo capítulo que aparece no livro, porque a cena do "Prólogo" com os três patrulheiros da Patrulha da Noite sendo atacados por Outros foi inserida antes dele, mas o Prólogo foi escrito mais tarde.
    • Martin disse que nem sabia o tipo de livro que seria até ele escrever essa cena. Após cerca de três dias, ele sabia que seria fantasia.
    • Esta cena prevê todo o primeiro livro. O lobo gigante (símbolo da Casa Stark) veio muito para o sul e lutou com o veado (símbolo da Casa Baratheon). Assim como Eddard Stark vai para o sul com o Rei Robert para ser a Mão do Rei, Robert eventualmente morre sozinho, enquanto Eddard é morto por um golpe no pescoço e deixa todos os seus jovens herdeiros para se defenderem sozinhos.
    • Há um erro na cena em que os filhotes lobos são vistos pela primeira vez, todos os filhotes são cinza claros e brancos. Um, no entanto, devia ser preto para representar Cão Felpudo.
  • Na cena em que Robert chega a Winterfell e cumprimenta os Stark, curiosamente, todos os Stark que ele faz contato físico morrem (Ned, Catelyn, Robb e Rickon), enquanto os que ele não encosta sobrevivem. Pode ser coincidência, mas alguns fãs alegam que é proposital e fazem uma alusão a maldição de Harrenhal, chamando isso de "toque da morte de Robert".
  • O traje de Mark Addy era tão pesado que não conseguia sair de seu cavalo sem a ajuda de três pessoas. Então, na edição, eles tiveram que cortar quando ele começou a desmontar e depois cortou para vê-lo cair no chão. No livro, o rei Robert é um homem mais alto, mas o desempenho de Mark Addy fez com que seu personagem parecesse imponente.
  • As criptas sob Winterfell são normalmente uma adega e foram usadas em episódios posteriores para uma célula sob a Fortaleza Vermelha em Porto Real.
  • O portão de Winterfell foi danificado pela casa rolante de Cersei durante as filmagens da cena, e teve de ser reparado.
  • A lagoa no Bosque Sagrado foi enchida de tinta negra para melhorar o reflexo da água para a câmera.
  • As cenas de Illyrio foram filmadas na residência de verão do presidente da Malta (mais tarde usado para cenas no jardim da Fortaleza Vermelha). A produção não foi permitida dentro do prédio. No livro Drogo vê Daenerys pela primeira vez em uma festa dentro de sua mãe dada pelos nobres da cidade.
  • As cenas de Daenerys em sua banheira foram feitas em um local diferente, em uma cidade diferente. A cena com ela na varanda olhando para fora em belas paisagens era apenas uma pintura. Sua aia de banho pentoshi foi anteriormente a Miss Malta de 2006.
  • Algumas cenas iniciais em Malta foram filmadas com Emilia Clarke e Harry Lloyd usando lentes de contato violeta, como nos romances os Targaryen têm olhos color violeta. No entanto, como lentes não pareciam certas e estavam distraindo os atores de suas performances, foram descartadas.
  • A filmagem da cena do casamento na praia foi interrompida por um vendaval do mar que demoliu parcialmente o set, além de as autoridades maltesas estarem desconfortáveis quanto a quantidade de nudez na cena. Mas finalmente permitiram que a gravação continuasse.
  • A Torre Quebrada, usada para a cena onde Bran é empurrado para fora da janela, foi mais tarde reparada, para servir como o quarto de Bran para o resto da temporada.
  • Os atores Kit Harington, Alfie Allen e Richard Madden se prepararam para a cena do corte de cabelo―em que os três estavam sem camisa―fazendo exercícios vigorosos e prendendo a respiração para melhorar o abdômen, para a hilaridade do produtor David Benioff.
  • Na cena do sexo da torre, Lena Headey é substituída por uma dublê de corpo nas partes em que aparece nua. Lena Headey estava grávida quando este episódio foi filmado, então há muitas cenas em que Cersei está filmado de pé ou sentada atrás de uma mesa ou vestindo um casaco com uma aparência de peles grossas ou vestidos com mangas compridas que ela segura em frente a si mesma.
  • Uma versão anterior do episódio foi filmada como o episódio piloto da série. Embora semelhante, teve várias diferenças importantes, principalmente na elenco: Jennifer Ehle como Catelyn Stark, Tamzin Merchant como Daenerys Targaryen, Jamie Campbell Bower como Waymar Royce e Richard Ridings como Gared.
    • Outra diferença é que o piloto apresentou cenas filmadas na Escócia (onde Winterfell foi filmada em Doune Castle) e Marrocos (onde os sets restantes de Pentos se encontravam), enquanto a versão final do episódio era principalmente filmada no estúdio e na Irlanda do Norte e Malta.
    • Apesar de ter refilmado a maior parte do episódio, algumas cenas do piloto permaneceram, como a cena em que Sansa conversa com Cersei no banquete (apesar de truques de câmera terem sido usados para trocarem Jennifer Ehle por Michelle Fairley, a cena com Tyrion e Ros no bordel (visto pela peruca que Tyrion usava na época, enquanto no resto do episódio e da temporada é cabelo natural), e a cena no final do episódio quando os homens saem para caçar (Theon possuí cabelos loiros nesta cena, enquanto no resto da série é castanho). As cenas em que Eddard possui o cabelo molhado penteado para trás também vieram do piloto (a cena nas criptas, banquete e quando ele sai para caça com Robert).
  • Durante a festa de casamento de Daenerys, quando um Dothraki ataca outro, Khal Drogo olha em aprovação e pronuncia algumas palavras. Não foi legendado porque não era parte da linguagem Dothraki desenvolvida, mas uma ad-lib pelo ator Jason Mamoa. A linha que ele disse foi "i te waka", que é o refrão de uma conhecida Maaka Haka (dança de guerra). O próprio Mamoa realizou um haka maori em sua fita de audição para o papel de Khal Drogo. Para tornar a linha adequada dentro do universo, o consultor de linguagem, David J. Peterson, posteriormente estabeleceu de forma retroativa que o que Drogo disse em Dothraki era "itte oakah", que significa "testar seu poder"―uma referência a uma piada do famoso jogo de luta Mortal Kombat.
  • Até à data, este é o único episódio para usar os títulos na tela para estabelecer o local, "Winterfell", "Porto Real: Capital dos Sete Reinos" e "Pentos: Através do Mar Estreito".

Galeria

Links externos

Advertisement