FANDOM


"Estamos aqui por algum motivo. O Senhor da Luz está mantendo Beric vivo por uma razão. Ele deu a um padre bêbado e fracassado o poder de trazê-lo de volta por um motivo. Somos parte de algo maior."
―Thoros para Sandor Clegane[fonte]

Thoros de Myr é um sacerdote vermelho de R'hllor, da Cidade Livre de Myr e um membro da corte em Porto Real. Ele era um dos principais membros da Irmandade Sem Bandeiras e um bom amigo do líder da Irmandade, Lord Beric Dondarrion.

História

Thoros nasceu na Cidade Livre de Myr,  Sendo um oitavo filho, o pai de Thoros não tinha meios para apoiá-lo e entregou-o ao Templo local de R'hllor quando criança. Ele ganhou seu sacerdócio, mas nunca fora devoto, pois gostava de lutas, bebidas e mulheres. 

Ele foi enviado para Porto Real a fim de levar a luz do Senhor para Westeros e para o piromaníaco Rei Aerys II, mas não obteve sucesso e começou a questionar sua própria fé. Após a Rebelião de Robert, Ele estava presente no momento em que os corpos de Rhaenys e Aegon Targaryen (Filhos de Elia e Rhaegar mortos pelo Montanha) foram apresentados a Robert. depois ele se tornou um frequente companheiro de bebida do Rei Robert. 

Durante a Rebelião Greyjoy, ele ganhou reconhecimento por ser o primeiro a passar pela muralha em Pyke,quando ele conversou com Jorah sobre sua bravura em Pyke ele contou que estava bêbado na ocasião e só soube o que fez quando amanheceu. Ele fora um frequente campeão de torneios, usando uma espada acendida com fogovivo para amedrontar os cavalos dos outros combatentes. Três vezes Thoros derrotou Sandor Clegane. No torneio no dia do nome do príncipe Joffrey, Thoros foi derrotado por Lord Yohn Royce depois que o fogo de sua espada caiu.

1ª Temporada

Jory Cassel e Jaime Lannister relembram sobre o cerco de Pyke. Jory jura que ele se lembrará de Thoros carregando a sua espada ardente até o dia em que morreu. Ele se junta a Beric Dondarrion para ajudá-lo a rastrear Gregor Clegane nas ordens de Eddard Stark.

Depois de ouvir sobre as mortes de Robert e Ned, Thoros voltou a servir sua religião com a Irmandade sem Bandeiras.

3ª Temporada

Thoros reviving Beric s3e5

Thoros revivendo Beric

Thoros de Myr, juntamente com Anguy e outros membros da Irmandade sem Bandeiras, encontram Arya, Gendry e Torta Quente. Interessado em como eles conseguiram escapar de Harrenhal, ele convence as crianças a acompanhá-los até uma pousada local.

Mais tarde, Sandor Clegane é capturado pela Irmandade e ele revela a verdadeira identidade de Arya para eles. Arya acusa-o de matar sua amiga Mycah. Ele é julgado por combate por Beric Dondarrion. Depois que Clegane mata Beric durante a luta, Thoros rapidamente invoca o Senhor da Luz para reviver Beric, cantando repetidamente: "Senhor, ilumine a luz sobre este homem, seu servo. Traga-o de volta da morte e das trevas. Sua chama foi extinguida, restaure-a! ", e em poucos segundos, Beric está vivo e respirando novamente, suas feridas também curaram.

Melisandre with thoros and beric

Thoros mostra Beric para Melisandre.

Algum tempo depois, a Irmandade é encontrada por Melisandre, que procura um parente de sangue (Gendry) de Stannis Baratheon, para poder criar mais Sombras. Ela está surpresa ao encontrar Thoros entre eles e repreende-o por renunciar à sua missão de converter o Rei Robert em sua religião. Thoros leva-a para Beric, onde ela o examina e percebe que ele foi trazido de volta da morte.

Quando ela pergunta a Thoros quantas vezes ele o trouxe de volta, ele responde com seis. Atordoada, ela afirma que ele não deveria ter esse tipo de poder, ao qual ele simplesmente observa que não tem poder, ele só pede favores para o Senhor e o Senhor responde. Thoros então confessa como ele sempre teve uma grande falta de fé no Senhor da Luz e nunca tomou seus deveres a sério por causa deles, até o dia em que Gregor Clegane matou Beric e Thoros foi chamados a revivê-lo. Quando viu que funcionou, a fé de Thoros foi restaurada. Melisandre convence Beric e Thoros a dar Gendry em troca de ouro e porque o Senhor da Luz o pede.

6ª Temporada

No One 17

Beric e Thoros são confrontados pelo Cão

Thoros ajuda Beric a enforcar Lem e outros dois homens por invadir uma comunidade religiosa e abater suas pessoas, caluniando a reputação da Irmandade. Sandor Clegane chega, tendo perseguido Lem pelo ataque, e exige ser permitido matar o homem. Quando Thoros vê Sandor, ele pergunta o q ele está fazendo ali. Clegane tem permissão para matar os homens, quando ele se move para usar seu machado, é interrompido por Thoros, que diz que a Irmandade não são açougueiros e que os homens devem ser enforcados. Mais tarde, ele diz que Beric e Sandor haviam sobrevivido por algum motivo.

7ª Temporada

GoT S7 E1 00790

Thoros pede para o Cão olhar para o fogo

Thoros, juntamente com os outros membros da Irmandade, viajam para o norte, mas acabam ficando em uma cabana que Sandor parou em alguns anos atrás com Arya. Lá, Thoros mostra a Sandor o poder de R'hllor, pedindo-lhe para olhar para o fogo. O Cão testemunha uma visão sobre a Muralha e os Wights Walkers. Thoros mais tarde ajuda Sandor a enterrar os residentes anteriores da cabana, um fazendeiro e sua filha, Sally.

Thoros é feito prisioneiro junto com Beric e Sandor Clegane pela Patrulha da Noite. Depois de encontrá-los nas celas, Thoros é reconhecido por Jorah Mormont, Jon Snow os liberta para participar da equipe de excursões indo para o norte para capturar um Walker. Na viagem, Thoros pergunta se Gendry ainda está chateado com a Irmandade por vendê-lo. Gendry revela que Melisandre tentou matá-lo, o que Thoros deduz que era parte de um ritual que precisava do sangue de Gendry. Quando Gendry persiste em sua raiva em relação a eles, O Cão diz que ele está apenas reclamando desnecessariamente e Thoros o oferece uma bebida, Gendry aceita de má vontade.

Pouco depois, o grupo finalmente atinge o pico da montanha que o Cão viu no fogo, um dos escoteiros do grupo vê uma grande figura à distância, muito maior que um humano. A criatura rapidamente é revelado como um urso de neve. Beric e Thoros iluminam suas lâminas em chamas e o grupo inteiro se envolve. No decorrer da luta contra a besta, outro no grupo é morto e Thoros é gravemente ferido pelo urso quando tenta proteger Sandor, recebendo graves lacerações no estômago e no peito. Beric usa o fogo em sua espada para cauterizar as feridas, enquanto Thoros comenta sobre o quão estranho sua vida se tornou considerando que ele foi mordido por um urso morto. Thoros é ajudado e continua, embora enfraquecido.

Thoros e Jorah discutem brevemente o papel de Thoros anos atrás durante o cerco de Pyke, com Jorah lembrando com carinho a espada flamejante de Thoros. No entanto, Thoros revela que ele não se lembra do cerco pelo qual ele se tornou famoso, tendo ficado muito bêbado no momento e apenas ouviu sobre seu grande feito depois. Apesar de suas palavras, Jorah diz a Thoros que, na época, achava que Thoros era o homem mais corajoso que já conhecera. Thoros, com um sorriso, diz com humildade que ele era simplesmente o mais bêbado.

Thoros-Death

Thoros congelado até a morte.

Eles continuam a se dirigirem para o norte até encontrar uma patrulha avançada de wights, liderada por um White Walker. Jon mata o líder. Eles são forçados a fugir para uma ilha de pedra no meio de um lago congelado. O gelo quebrando se expande à medida que mais mortos avançam e caem. Logo, toda a ilha é cercada por uma linha de gelo quebrado, então os mortos ficão parados. A expedição é forçada a permanecer durante a noite e é durante este tempo que Thoros congela até a morte, devastando Beric. Com instrução de Jon, Beric queima o cadáver com sua espada flamejante para evitar que o sacerdote vermelho volte como um Walker.

Nos Livros

Ele participou do Torneio da Mão, derrubando da sela o Lorde Beric Dondarrion.  Após vencer o corpo a corpo no torneio, Thoros se juntou ao grupo de Beric Dondarrion encarregado por Eddard Stark, como Mão do Rei, de caçar Gregor Clegane e trazê-lo para a justiça do rei.Gregor Clegane embosca seu grupo e Beric é morto. Ao executar um tradicional ritual de sepultamento de sua fé, Thoros, sem saber, conseguiu ressuscitá-lo. Os dois homens fundaram um grupo de fora da lei, chamado de "Irmandade Sem Bandeiras", para proteger os camponeses dos soldados forrageando nas Terras Fluviais. Como um fora da lei, Thoros experimentou um despertar espiritual e continuou a ressuscitar Beric, através de motivos além de seu entendimento.

Ele também obteve sucesso em muitas das proezas que ele falhara em conseguir como um sacerdote vermelho, como ver visões na chama e acender espadas com sangue e preces.

Thoros estava no Julgamento por Combate de Sandor Clegane que foi absolvido após matar Beric Dondarrion, mas Thoros o revive mais uma vez. Thoros também estava no confronto entre a Irmandade Sem Bandeiras e os Bravos Companheiros no Septo de Pedra. Antes de encontrar com Fantasma de Coração Alto, Thoros teve uma conversa com Beric sobre suas seis mortes na presença de Arya Stark que pergunta para Thoros se é possível reviver seu pai, Eddard Stark, mas ele diz que não é possível. Thoros também estava ao lado de Beric Dondarrion durante sua conversa com Fantasma de Coração Alto.

Thoros nunca tomara uma posição de liderança na Irmandade e permitiu que a Senhora Coração de Pedra tomasse controle do grupo, apesar da sua desaprovação por seus motivos. As mudanças que ela fizera na Irmandade mais uma vez abaixaram a estima e a auto-confiança de Thoros. 

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.