Game of Thrones Wiki
Advertisement
"Em nome de Robert da Casa Baratheon, o Primeiro de Seu Nome, Rei dos Ândalos e dos Primeiros Homens, Senhor dos Sete Reinos e Protetor do Território, eu, Eddard da Casa Stark, Senhor de Winterfell e Protetor do Norte, te sentencio a morte."
Eddard Stark[fnt]

Senhor dos Sete Reinos, equivalente feminino sendo Senhora dos Sete Reinos, era um dos títulos do governante absoluto dos Sete Reinos Westeros. Sendo geralmente precedido por Rei dos Ândalos, dos Roinares e dos Primeiros Homens, e seguido por Protetor do Território, o Senhor dos Sete Reinos marcava a dominância do rei sobre o território de toda Westeros, que antes da Conquista de Aegon era dividido em sete reinos distintos.

Ele foi extinto com a ascensão da Rainha Cersei I Lannister, que mesclou Senhor dos Sete Reinos com Protetor do Território, criando Protetora dos Sete Reinos. Quando o Rei Brandon I Stark foi eleito no Grande Conselho de 305 d.C., foi-se adotado Senhor dos Seis Reinos como substituição de Senhor dos Sete Reinos, visto que o Norte declarou independência da coroa sob o comando da Rainha Sansa Stark.

História

O título foi estabelecido pelo Rei Aegon I Targaryen, que conquistou toda Westeros com exceção de Dorne.[1] Eventualmente os dorneses se uniram ao governo Targaryen por casamento, solidificando o título Senhor dos Sete Reinos como o governante absoluto do território de Westeros abaixo da Dádiva até o extremo-sul de Dorne.[2] Tommen I Baratheon foi o último governante a deter o título.[3]

Nos bastidores

Mesmo não tendo conquistado Dorne, Aegon I e seus sucessores se declararam como "Senhores dos Sete Reinos". Isso é vagamente comparável à forma como algumas monarquias medievais da vida real continuaram a reivindicar títulos que já não possuíam de facto. Os reis da Inglaterra se denominaram "Reis da França" muito depois de os ingleses terem perdido todo o seu território francês e qualquer perspectiva de reclamá-lo, além de "Senhor da Irlanda", quando eles tinham pouco controle prático do país. Ao contrário dos reis ingleses que perderam território, mas ainda assim reivindicaram, os Targaryen eventualmente uniram Dorne em seu governo dois séculos após a conquista.

Nos livros

Nos romances de As Crônicas de Gelo e Fogo, todo rei da dinastia Targaryen possuía o título "Senhor dos Sete Reinos", que remonta ao próprio Aegon, o Conquistador, embora ele nunca tenha conquistado Dorne. Dessa forma, apenas controlou seis dos sete antigos reinos antes da conquista. Dorne só se juntou ao reino Targaryen através de união pacífica por casamento dois séculos após a Guerra da Conquista.

Links externos

Referências

v  d  e
Governantes dos Sete Reinos de Westeros
Advertisement