FANDOM


Senhor dos Sete Reinos (sendo o equivalente feminino a Senhora dos Sete Reinos) é um dos títulos do governante dos Sete Reinos de Westeros. O título frequentemente é precedido por "Rei dos Ândalos, dos Roinares e dos Primeiros Homens" e seguido por "Protetor do Território". Este título foi combinado para se tornar o Protetor dos Sete Reinos para as Rainhas Cersei Lannister e Daenerys Targaryen.

Inspiração

Isso é vagamente comparável à forma como algumas monarquias medievais da vida real continuaram a reivindicar títulos que já não possuíam de fato. Os reis da Inglaterra se denominaram "Rei da França" muito depois de os ingleses terem perdido todo o seu território francês e qualquer perspectiva de reclamá-lo e "Senhor da Irlanda", quando eles tinham pouco controle prático do país. Ao contrário dos reis ingleses que perderam território mas ainda assim reivindicaram, os Targaryens nunca conquistaram Dorne nem tiveram nenhuma outra reivindicação legal.

Nos Livros

Todo rei da dinastia Targaryen possuía o título "Senhor dos Sete Reinos", que remonta ao próprio Aegon o Conquistador, embora Aegon nunca tenha podido conquistar Dorne. Ele, portanto, apenas controlou seis dos sete reinos. Dorne só se juntou ao reino Targaryen através de união pacífica - dois séculos após a Guerra da Conquista (cerca de um século antes da Guerra dos Cinco Reis).

Quando Aegon começou a conquistar Westeros, ele se declarou unilateralmente como rei e senhor de todos os Sete Reinos, antes de a conquistar os reinos. Os exércitos de Aegon foram repelidos de Dorne devido a guerrilha - mas ele nunca parou de reivindicar o título. Os reis subseqüentes Targaryen continuaram a usar o título como uma declaração tácita de que eles ainda reivindicavam Dorne e pretendiam conquistá-lo eventualmente. Um século e meio depois, o rei Daeron consegui conquistar brevemente Dorne, mas a ocupação foi descartada e Dorne permaneceu independente por mais meio século.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.