FANDOM


House-Targaryen-Main-Shield
House-Targaryen-Main-Shield

Rainha Naerys Targaryen foi a irmã-esposa do Rei Aegon IV, irmã de Aemon, o "Cavaleiro do Dragão" e mãe do Rei Daeron II e da Princesa Daenerys Targaryen.

História

Naerys era a mais nova e única filha do Rei Viserys II Targaryen. De acordo com fontes semi-canônicas ela quase morreu no berço e estava constantemente doente durante sua vida, achando no exercício físico algo muito desgastante.

Ela amava música e poesia, tocava harpa muito bem e gostava de bordar e costurar. Era muito devota da fé, frequentemente encontrando consolo nas páginas da Estrela de Sete Pontas e teria se tornando em uma septã se seu pai tivesse permitido.

Naerys amava seu irmão Aemon pois ele sabia como faze-la rir, Aemon era muito parecido com ela em caráter, enquanto Aegon IV não era. Mesmo assim ela se casou com Aegon, por ordens de seu pai. Os cantores dizem que Naerys e Aemon choraram durante a cerimonia de casamento, mas a verdade é diferente: sabe-se que Aemon brigou com Aegon durante o banquete enquanto Naerys chorou no ato de levarem os noivos para a cama. O Príncipe Aemon se juntou logo depois do casamento à Guarda Real.

Vida de Casada

Naerys deu à luz pela primeira vez a um filho chamado Daeron. O parto de Daeron foi difícil e o Grande Meistre Alford a alertou que outra gravidez poderia mata-la. Dizem então que a Naerys enfrentou seu irmão dizendo: "Cumpri meu dever com você e dei-lhe um herdeiro. Imploro que vivamos daqui para frente como irmão e irmã." ao que Aegon recusou-se dizendo:"É o que estamos fazendo".

O casamento de Naerys e Aegon foi infeliz. Aegon é conhecido por ter amado nove mulheres durante sua vida e Naerys não era uma delas. Mesmo infeliz em seu casamento ela ainda tinha seu irmão Aemon e seu filho Daeron os quais sabiam o que fazer para ela rir.

Através dos anos, Naerys passaria por diversas gestações de maior dificuldade, apesar dos avisos do Grande Meistre Alford de que outra gravidez poderia ser seu fim. Alguns anos mais tarde, ela deu à luz a gêmeos e quase morreu no processo. Os gêmeos morreram logo depois do nascimento levando o Rei Baelor I a jejuar um turno da lua. Baelor também mandou o marido dela logo após o parto para uma missão diplomática para Bravos. Fontes sugerem que isso foi uma desculpa para ter certeza que Aegon deixasse Naerys em paz para que ela se recuperasse do difícil parto. Alguns anos mais tarde, ela deu à luz a um segundo casal de gêmeos. O menino nasceu morto mas a menina, Princesa Daenerys sobreviveu, Novamente o parto levou Naerys à linha da morte e a Mão do Rei Aegon, Lorde Bracken começou a falar abertamente do casamento de sua filha Barba (que havia dado à luz a um filho do Rei quatorze dia antes de Naerys entrar em trabalho de parto) com o Aegon, já que se esperava que Naerys não sobrevivesse. No entanto ela lentamente se recuperou e o escândalo fez Lorde Bracken ser despedido de ser cargo.

Rumores da paternidade de Daeron

Após o marido de Naerys se tornar Rei, rumores de que ele não era o pai biológico de Daeron mas sim seu irmão, o Príncipe Aemon começaram a se espalhar. Os rumores nunca foram provados nem negados, mesmo os cantores dizendo que Naerys amava Aemon e Aemon a amava. Aemon foi seu campeão e defendeu a honra dela contra as acusações de Sor Morgil Hastwyck, quando ele a acusou de adultério e traição.

Fontes dizem que fora o próprio Rei Aegon IV que fomentou as acusações falsas contra Naerys e usou Sor Morgil para espalhar o boato (mesmo que o Rei tenha negado tal fato depois). Deve ser notado que as acusações apenas começaram quando o Rei e seu herdeiro Daeron estavam brigando, quando Daeron se opôs ao plano de seu pai de iniciar uma guerra contra Dorne.

O Príncipe Aemon certa vez participou de um torneio disfarçado com o nome de Cavaleiro das Lágrimas para que ele pudesse nomear Naerys a Rainha do Amor e da Beleza ao invés do título ir para uma amante de Aegon.

Aemon eventualmente morreu defendendo o irmão de dois homens da Casa Toyne que desejavam vingança pela morte do irmão deles a mando de Aegon. Naerys não viveu muito tempo depois do irmão, morrendo no parto no ano seguinte. O Rei Aegon, que menosprezava seus irmãos sempre que tinha chance, fez pouco para honrar a memória deles. Indo mais longe começou a fazer referencias abertamente sobre a paternidade do filho Daeron agora que o Cavaleiro do Dragão estava morto.

Até onde se sabe há apenas rumores sobre a paternidade de Daeron, sem ninguém nunca ter questionado a paternidade de Daenerys, a única outra criança de Naerys a sobreviver a infância.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.