FANDOM


House-Targaryen-Main-Shield
House-Targaryen-Main-Shield
"Hoje as pessoas chamam Maegor de "o Cruel", mas eu duvido que ousassem fazer isso naquela época. Sua força era muito rara no degenerado sangue Targaryen."
Joffrey Baratheon expressando apreço psicótico pela brutalidade de Maegor o Cruel.[1]

Maegor Targaryen, formalmente conhecido como Maegor da Casa Targaryen, Primeiro de Seu Nome - e infamemente apelidado de Maegor o Cruel - é um personagem mencionado em Game of Thrones. Ele morreu antes do tempo da série, e não se espera que apareça. Ele foi o terceiro Rei dos Ândalos, dos Roinares e dos Primeiros Homens durante a dinastia Targaryen.

Biografia

O rei Aegon, o Conquistador, teve dois filhos com suas duas irmãs: seu filho primogênito Aenys com sua irmã Rainha Rhaenys e seu segundo filho Maegor com sua irmã, a rainha Visenya. Quando Aegon I finalmente morreu, Aenys sucedeu-lhe como o segundo rei no Trono de Ferro.

Os Targaryens casado incestuosamente irmão com irmã por gerações (sempre que possível) para "manter a linhagem pura", no costume de seus ancestrais valyrianos. Por outro lado, Aegon I quebrou não só as regras da Fé dos Sete contra o incesto, mas suas regras contra a poligamia, como ele era casado com as duas irmãs ao mesmo tempo.

A Fé não estava em posição de desafiar o exército vitorioso de Targaryen após a Conquista, ou seus dragões maciços, mas Aegon I era sábio o suficiente para pisar levemente com a Fé: ambos os lados tacitamente concordaram que os casamentos incestuosos dos Targaryens eram uma relíquia de seu passado, que logo desapareceria. Aegon I não pretendia que as gerações futuras de sua nova dinastia continuassem tendo casamentos incestuosos e, em troca, a Fé não pressionou o assunto pelo resto de sua vida. Aegon I finalmente morreu e foi sucedido por seu filho mais velho, Aenys.

Casamento dos filhos de Aenys

O casamento do filho e herdeiro de Aenys com sua irmã Rhaena provocou a revolta da Fé Militante

Para surpresa de todos, porém, mais tarde, em seu reinado, o rei Aenys casou sua filha com seu próprio filho: o casamento incestuoso da princesa Rhaena Targaryen e do príncipe Aegon quebrou a promessa anterior dos Targaryens à Fé, que não suportava mais a abominação. O novo Alto Septão liderou a denúncia dos Targaryens, e a ordem militar da Fé dos Sete, a Fé Militante, levantou-se em revolta aberta.[2]

Fé Militante versus Guarda Real de Aenys na Fortaleza Vermelha

A Fé Militante ataca Aenys na Fortaleza Vermelha, mas é repelido por sua Guarda Real.

O Rei Aenys provou ser um fraco absoluto diante da revolta e estava completamente sobrecarregado. Quando a Fé Militante atacou senhores que ainda o apoiavam através dos Sete Reinos, uma força particularmente zelosa da ordem conseguiu mesmo escalar as paredes da (ainda em construção) Fortaleza Vermelha, e teria matado Aenys e a família real, se não fosse por a intervenção da Guarda Real. Assustado, Aenys fugiu de Porto Real para Pedra do Dragão - onde ele logo morreu de cólicas trazidos pelo estresse.[2]

Reinado

Aenys foi sucedido por seu meio-irmão mais novo Maegor, único filho de Aegon I com Visenya - usurpando o poder dos filhos de Aenys. Maegor era o oposto exato de seu irmão: um guerreiro altamente qualificado e tirano brutal, ganhando rapidamente o nome "Maegor o Cruel".[2]

Maegor vitorioso no Julgamento de Sete

Maegor derrota os campeões da Fé Militante em um Julgamento de Sete.

Quando chegou a King's Landing, seu primeiro ato foi desafiar os líderes da Fé Militante a matá-lo em combate pessoal, se acreditassem que seu governo era ímpio. A Fé aceitou e Sor Damon Morrigen propôs que fizessem um julgamento de sete - a variante mais perigosa, mas teoricamente mais sagrada de um julgamento por combate tradicional em que duas equipes de sete homens lutam entre si. Muitos contos são ditos de seu confronto, Sor Damon e seis membros da Fé Militante contra Maegor e membros de sua Guarda Real - mas todas as histórias concordam que no final, de todos os catorze homens, apenas Maegor permaneceu vivo, provando que o trono era legitimamente dele.

Tendo sobrevivido ao julgamento de sete, Maegor montou prontamente o grande dragão negro Balerion - a velha montaria de seu pai que Maegor dominou para si mesmo após a sua morte - e voou para a sede do capítulo local da Fé Militante da Fé, no Septo da Memória. Maegor usou Balerion para queimar o Septo e todos que estavam dentro enquanto eles estavam no meio das orações da manhã. Centenas de militantes da Fé morreram queimando, seus gritos ecoando pelas ruas.[2]

Maegor agora exigia a destruição completa da Fé Militante, e fazia guerra contra a ordem onde quer que a encontrasse. No entanto, a Fé Militante não se rendeu, elevando seus próprios exércitos em todo o reino, e transformando alguns dos próprios senhores de Maegor contra ele. Muitas batalhas foram travadas como a revolta da Fé Militante perdurou durante todo o reinado de Maegor.[2]

Maegor terminou a construção da Fortaleza Vermelha durante seu reinado, incluindo a formidável fortificação central que foi nomeada "Fortaleza de Megor" em homenagem a ele.[3][4] Depois que a construção foi terminada, Maegor teve todos os trabalhadores e pedreiros matados, supostamente a fim de que só ele soubesse todos os túneis secretos que ele tinha construído escondido em todo o castelo.[1]

Eventualmente, o reinado de terror de Maegor chegou ao fim quando ele morreu. A crueldade de Maegor morreu com ele, no entanto, como ele foi sucedido pelo filho restante de Aenys, que se tornou o rei Jaehaerys I. Um governante sábio e benevolente, Jaehaerys I fez a paz com a Fé em troca de dissolver a Fé Militante, terminando as revoltas. O reinado longo subsequente de Jaehaerys fez muito para consertar as feridas ao reino causadas por Maegor.[2]

Temporada 1

Enquanto visita o Grande Salão da Fortaleza Vermelha, Septã Mordane questiona Sansa Stark sobre suas aulas de história, e pergunta a ela quem construiu a estrutura e o Trono de Ferro. Sansa responde corretamente que Aegon o Conquistador fez o Trono de Ferro, e "Maegor o Cruel" construiu a Fortaleza Vermelha.[3]

Temporada 2

Sabio Hallyne menciona que Maegor foi um grande patrono dos alquimistas e seu trabalho produzindo Fogovivo, que ele usou contra seus inimigos.[5]

Citações

Septã Mordane: "Quem construiu a oTrono de Ferro?"
Sansa Stark: "Aegon o Conquistador"
Septã Mordane: "E quem construiu a Fortaleza Vermelha"
Sansa Stark: "Maegor o Cruel"
— Setpã Mordane questiona Sansa Stark sobre a história da Fortaleza Vermelha[6]

Referências

  1. 1,0 1,1 História e Tradição: A Fortaleza Vermelha
  2. 2,0 2,1 2,2 2,3 2,4 2,5 História e Tradição: A Fé Militante
  3. 3,0 3,1 Aleijados, Bastardos e Coisas Quebradas
  4. Blackwater
  5. O Fantasma de Harrenhal
  6. Aleijados, Bastardos e Coisas Quebradas

Predefinição:Casa Targaryen

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.