FANDOM


Uma caminhada da vergonha é um ritual público de punição e de penitência na Fé dos Sete. Exige um pecador confesso que caminhe uma certa distância despojada de toda a roupa, exposta aos olhos e zombaria da população.

História

Temporada 5

Depois de ser pego em um bordel no meio de uma sessão de jogo sexual blasfemo, o Alto Septão foi preso por um grupo de pardais, despojado de todas as suas roupas e forçado a andar nu pelas ruas de Porto Real, enquanto um dos Pardais publicamente o nomeia um pecador e bate suas mãos para impedi-lo de cobrir sua genitália.[1]

Depois de um tempo preso pela Fé dos Sete, Rainha Cersei confessa ter cometido adultério com o seu primo Sor Lancel Lannister, que se juntara à Fé Militante e acusou-a de adultério, incesto, e regicídio. O Alto Pardal informou Cersei que ela ainda seria julgado para as outras duas acusações, que ela nega, e a permitiu voltar ao Fortaleza Vermelha, mas apenas se ela executasse uma caminhada da vergonha como penitência por seu pecado confessado. O cabelo de Cersei é cortado e, em seguida, ela é apresentada à população de Porto Real para que possam testemunhar a sua confissão e penitência. Ela é despojado de suas roupas e vai a pé do Grande Septo de Baelor à Fortaleza Vermelha , escoltada por membros da Fé Militante, que e sendo zombanda pela multidões que se reunira para ver sua vergonha e ter a chance de insultar sua odiada Rainha Mãe. Enquanto ela caminhava, Septã Unella a acompanhava, repetidamente, gritando "Vergonha!" e tocando um sino para atrair a atenção das pessoas.[2]

Temporada 6

Quando o Rei Tommen Baratheon tornou-se fiel à fé, o Alto Pardal disse a ele que sua esposa, Margaery Tyrell deveria realizar uma caminhada da vergonha. Ele é relutante em contar a sua mãe, depois de ter sido "aconselhado" pelo Grande Meistre Pycelle. Em uma reunnião do Pequeno Conselho , Cersei informa Olenna Tyrell que Margaery irá realizar sua caminhada da vergonha antes do dia de seu julgamento, e ambos concordam que isto não pode acontecer.[3] No entanto, no Grande Septo de Baelor, tropas da Casa Tyrell e Jaime Lannister tentam reverter isso. O Alto Pardal, em seguida, conclui que Margaery está finalmente poupado de sua caminhada, como ela como já se arrependeu de seus crimes, devido à descoberta da traição da Casa Lannister contra os pardais. Tommen então concorda com uma aliança com o Alto Pardal, simbolizando a união da coroa e da fé.[4]

Quando Jaime Lannister é formalmente removida da Guarda Real por ameaçar a Fé, ele sarcasticamente pergunta se ele será forçado a fazer uma caminhada da vergonha.[4]

Referências

  1. Alto Pardal (episódio)
  2. Misericórdia da Mãe
  3. Livro do Estranho
  4. 4,0 4,1 Sangue do Meu Sangue


O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.