FANDOM


Brandon Stark era o herdeiro de Rickard Stark, o Lord de Winterfell e o irmão mais velho de Eddard, Lyanna e Benjen Stark. Ele foi estrangulado tentando salvar seu pai de morrer queimado por ordens do Rei Louco Aerys II Targaryen quando eles protestaram contra o seqüestro de Lyanna pelo príncipe Rhaegar Targaryen. Seu pai Rickard morreu queimado junto com ele.

Seu sobrinho Bran Stark foi nomeado em sua honra.

Biografia

Inicio da Vida

Nascido em 262 d.C., em Winterfell, Brandon era o filho mais velho e herdeiro do lorde Rickard Stark e de sua esposa Lyarra. Foi criado em Vila Acidentada pelo Lorde Dustin, pai de Willam, porém passou a maior parte do tempo cavalgando pelos Regatos. Brandon e sua irmã Lyanna gostavam muito de cavalgar; Lady Dustin compara-os a "um par de centauros". Brandon também gostava de praticar esgrima e amava a sua espada.

Em sua juventude, tirou a virgindade de Barbrey Ryswell, que era apaixonada por ele. Quando tinha quinze anos, ele foi prometido á Catelyn Tully de Correrrio, que tinha doze anos na época. Barbrey afirma que Brandon nunca quis se casar com Catelyn e que o casamento foi planejado pelo Lorde Rickard.

Brandon estava presente no Torneio de Harrenhal. Depois que a irmã de Brandon, Lyanna, encontrou o cranogmano Howland Reed sendo intimidado por três jovens escudeiros, ela levou o homem ferido de volta para uma tenda, atando suas feridas e introduziu o hóspede a seus irmãos: Eddard ("o lobo silencioso"), Benjen ("o lobinho") e, finalmente, Brandon ("o lobo selvagem"), o líder da matilha. Lyanna convenceu Reed á assistir o início do torneio; ele concordou e comeu na mesma mesa que os Starks. Durante a festa, ele pediu a Ashara Dayne que dançasse com seu irmão, Eddard, pois ele era muito tímido para pedir; sugere-se também que Brandon teria depois dormido com Ashara e a engravidado. Brandon entrou no torneio, mas foi derrubado pelo Príncipe Rhaegar Targaryen.

Quando o noivado de Brandon e Catelyn foi anunciado, Petyr Baelish, o protegido do pai de Catelyn, desafiou Brandon para um duelo pela mão dela. Eles lutaram no pátio inferior de Correrrio. Brandon venceu facilmente seu duelo, mas não matou Petyr, em concessão aos apelos de Catelyn. Ele então partiu de Correrrio, prometendo voltar em breve.

Morte e enterro

Mortes-BrandoneRickardStark

Mortes de Brandon e seu pai.

Brandon estava a caminho de Correrrio para casar com Catelyn Tully quando recebeu notícias sobre o

sequestro de sua irmã Lyanna pelo Príncipe Rhaegar. Brandon, junto de seu escudeiro Ethan Glover e seus parentes Kyle Royce, Elbert Arryn e Jeffory Mallister, cavalgou imediatamente até Porto Real, enquanto Lorde Hoster Tully ficou furioso, achando que era uma ação precipitada. Ao entrar na Fortaleza Vermelha, Brandon gritou para Rhaegar "sair e morrer". Rhaegar não estava lá para responder ao desafio; eles foram presos pelo Rei Aerys II e acusados de tramar o assassinato do Príncipe Rhaegar. Seus pais foram chamados ao tribunal para responder às acusações. Brandon foi forçado a assistir seu pai ser cozido vivo em sua própria armadura. Ele foi amarrado com um cordão de couro em torno de seu pescoço e uma espada longa fora de alcance, ele estrangulou-se tentando chegar a espada para salvar seu pai. Ele tinha vinte anos na época.

ÚltimosMomentosBrandonStark

Últimos momentos de vida de Brandon.

Brandon foi enterrado nas Criptas de Winterfell. Bran Stark observa que apenas os reis e senhores de Winterfell tem estátuas em sua semelhança, nem seus familiares, mas Eddard quis homenagear seus amados irmãos e pai.

Eddard Stark nomeia seu segundo filho legítimo como Brandon (carinhosamente apelidado de "Bran") na memória do seu irmão mais velho.

Menções na Série

1ª Temporada

Quando chega a Porto Real, Lord Eddard Stark é saudado por Sor Jaime Lannister no quarto do trono, o cavaleiro diz que se lembra de ouvir o pai de Eddard e o grito do irmão enquanto as centenas de pessoas os observavam morrer pelo capricho do Rei Louco. Ele sugere que seu assassinato do Rei Louco era um ato de justiça, mas Eddard descarta isso como uma auto-justificação insignificante por quebrar seus votos solenes. Pouco depois, Mindinho conta como Brandon o feriu em duelo. Eddard é antipático para a situação de Mindinho.

4ª Temporada

Lysa menciona Brandon enquanto fala com Sansa no Ninho da Aguia. Em um discurso cego, ela compara brevemente a atração de Petyr com Sansa com a relação de Catelyn com o falecido herdeiro de Winterfell. Ela é claramente ressentida por ele quase matar Petyr em seu duelo e Catelyn ainda o amou mesmo assim.

5ª Temporada

Brandon é indiretamente mencionado junto com seu pai Rickard em duas ocasiões distintas para Daenerys Targaryen, a última criança sobrevivente do Rei Louco.

Barristan Selmy alude vagamente a suas mortes quando ele fala sobre como seu pai assassinou filhos na frente de seus pais e como suas ações levaram a uma rebelião que matou todos os Targaryen, exceto Daenerys e seu outro irmão Viserys, que também morreu mais tarde.

Mais tarde, quando Tyrion Lannister está aconselhando Daenerys sobre sua estratégia de reivindicar o Trono de Ferro, ele ressalta a falta de apoio das Grandes Casas. Como ele os lista, ele lembra que a Casa Stark está efetivamente morta devido às ações de seus "dois pais terríveis", embora ele não discuta as especificidades - o pai de Daenerys executando Brandon e Rickard e seu pai orquestrando o casamento vermelho.

7ª Temporada

Quando o sobrinho de Brandon, Jon Snow, se recusa a dobrar o joelho para Daenerys, ele lembra a ela como pai dela executou seu tio e seu avô. Daenerys reconhece que seu pai era um homem maligno e pediu perdão pelos crimes que cometeu contra a Casa Stark.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.