FANDOM


"Eu fui enviado para a fortaleza de Pedra do Dragão para lidar com Viserys e Daenerys, os últimos filhos Targaryen sobreviventes. Antes de chegar, eles escaparam pelo Mar Estreito"
Stannis Baratheon[fonte]


O Assalto à Pedra do Dragão foi o último compromisso da Rebelião de Robert, a guerra civil que dividiu os Sete Reinos e levou à queda da dinastia Targaryen e ao surgimento da dinastia Baratheon.

História

Antes

O Rei Aerys II Targaryen impregnou a rainha Rhaella Targaryen durante a Rebelião de Robert, seu ardor levantado depois de queimar sua mão do rei, Lord Qarlton Chelsted, por se opor aos incêndios que ele fazia. Depois que o Rei Louco soube que o Príncipe Herdeiro Rhaegar Targaryen tinha sido morto por Lord Robert Baratheon na Batalha do Tridente, ele enviou Rhaella com o Príncipe Viserys Targaryen para Pedra do Dragão, a antiga fortaleza da Casa Targaryen.

O resto da família real que permaneceu em Pedra do Dragão, incluindo os filhos de Aerys e Rhaegar, foram morto no Saque à Porto Real em 283 d.C. Após o Saque à Porto Real e a morte do Rei Louco, Robert Baratheon tomou o Trono de Ferro e foi coroado Rei Robert da Casa Baratheon, Primeiro de Seu Nome, Rei dos Andais e os Primeiros Homens, Senhor dos Sete Reinos e Protetor do Reino. No entanto, a guerra não terminou.

Robert enviou seu irmão Stannis para Pedra do Dragão, a fortaleza da ilha localizada na ilha homônima, onde a Rainha Rhaella e o Príncipe Viserys foram enviados após a vitória dos rebeldes na Batalha do Tridente.

A viúva de Aerys, Rhaella, morreu dando origem a Daenerys no castelo de Pedra do Dragão. Uma feroz tempestade acertava naquela noite e destruiu a frota dos Targaryen. Por isso um dos titulos de Daenerys é "Nascida da Tormenta"

Batalha

Stannis liderou a frota real a bordo do navio "Fúria" para capturar o Príncipe Viserys e a Princesa Daenerys, que nasceu recentemente. A guarnição de seu castelo estava pronta para vender Viserys e o bebê Daenerys aos Baratheons. No entanto, pouco antes de Stannis navegar, Sor Willem Darry, o ex-mestre das armas da Fortaleza Vermelha, liderou outros quatro leais no contrabando de Viserys, Daenerys e uma enfermeira de Pedra do Dragão. Eles navegaram pela costa de Braavos pelo mar estreito.

A guarnição restante simplesmente se rendeu quando Stannis chegou e assim o assalto de Stannis a Pedra do Dragão foi bem sucedido e ele conquistou a ilha e seu castelo em nome do rei Robert I Baratheon.

Consequências

Com a conquista de Pedra do Dragão, os Targaryens perderam sua última participação nos Sete Reinos. Viserys e Daenerys Targaryen viveram no exílio com Sor Willem Darry na casa com a porta vermelha em Braavos, até a morte de Darry. Rei Robert I Baratheon concedeu Pedra do Dragão a Stannis Baratheon, fazendo dele o Senhor de Pedra do Dragão. O castelo da ilha era tradicionalmente o assento do príncipe herdeiro, o Príncipe de Pedra do Dragão, então Robert honrou Stannis concedendo-lhe o assento do herdeiro do Trono de Ferro. No entanto, Robert também ficou furioso com o fato de os filhos de Targaryen terem escapado antes que Stannis chegasse e ele concedeu o assento ancestral de Baratheon de Ponta Tempestade ao irmão mais novo, Renly Baratheon.

Nos Livros

Nas Crônicas de Gelo e Fogo, o assalto ocorreu depois que a nova frota real foi construída; quase um ano após o fim da rebelião. A guarnição de Porto Real estava pronta para vender Viserys e Daenerys para Stannis, mas antes que pudessem seguir em frente, Sor Willem Darry, junto com outros quatro leais, contrabandearam Viserys e Daenerys junto com uma enfermeira para Braavos, onde viveriam no exílio .

A queda do castelo não foi realmente considerada uma batalha, com a guerra claramente perdida, a maioria da guarnição queria simplesmente se render - ao ponto de terem desistido das crianças reais ainda em sua posse. Os quatro restantes cavaleiros leais fugiram com as crianças antes que Stannis chegasse, então ninguém apresentou uma luta significativa.

O lado rebelde na guerra não teve força no mar - em parte porque anos antes, Brynden não havia entrado em uma aliança de casamento com a Casa Redwyne, que possui uma grande frota. O Saque de Porto Real, ainda levou os rebeldes vitoriosos algum tempo para encontrar navios suficientes para transportar uma força de ataque para Pedra do Dragão, dando aos filhos reais tempo suficiente para fugir para as Cidades Livre.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.