FANDOM


"A Knight of the Seven Kingdoms" é o segundo episódio da oitava temporada de Game of Thrones. É o sexagésimo nono episódio da série ao todo. Estreou em 21 de abril de 2019. Foi escrito por Bryan Cogman e dirigido por David Nutter.

Aparições

Artigo principal: A Knight of the Seven Kingdoms/Aparições

Primeiras

Mortes

Produção

Elenco

Principal

Secundário

Notas de elenco

Notas

Geral

  • O título deste episódio, "O Cavaleiro dos Sete Reinos", refere-se à coleção de três novelas - O Cavaleiro Andante (1998), A Espada Juramentada (2003) e O Cavaleiro Misterioso (2010) - que são partes da série Contos de Dunk e Egg de George R.R. Martin; também se refere ao título concedido a Brienne por Jaime.
    • A conexão que o título faz entre Brienne e Sor Duncan, o Alto, pode ser uma referência à teoria de que Brienne é sua descendente.
  • As tramas de Porto Real não aparecem neste episódio, que foi focado inteiramente nas várias tramas em Winterfell. Isso só aconteceu algumas outras vezes, geralmente em episódios de batalhas importantes como "Blackwater" e "The Watchers on the Wall".
  • A versão dos créditos finais da Canção de Jenny foi interpretada pelo grupo musical Florence + The Machine. A vocalista Florence Welch posteriormente deu uma entrevista ao The New York Times a respeito. Os showrunners são fãs de seu trabalho e, de fato, estavam tentando inclui-la em sua trilha sonora desde a 2ª Temporada - um dos trailers dessa temporada chegou a licenciar e usar sua canção "Seven Devils". Para a 2ª temporada, os showrunners originalmente esperavam que ela pudesse gravar o cover de "As Chuvas de Castamere", mas na época ela ainda não tinha assistido a série e recusou.[1]
    • Como Benioff reconheceu no segmento Por Dentro do Episódio, embora a Canção de Jenny seja famosa nos livros, apenas os primeiros versos foram realmente apresentados no texto, então eles precisaram inventar os versos seguintes para a adaptação. A importância total da canção não foi revelada, mas ela se trata de Jenny de Pedrasvelhas - uma camponesa que o príncipe herdeiro Targaryen abdicou da coroa para se casar. A coroa então passou para seu irmão mais novo e depois para Aerys II Targaryen, o Rei Louco, desencadeando os eventos em torno das vidas de Rhaegar, Lyanna, Jon e Daenerys. Há algumas especulações de que a Canção de Jenny pode ter sido aquela em específico que Rhaegar apresentou durante o grande torneio em Harrenhal, cantando e tocando a lúgubre música de forma tão bela que Lyanna chorou, apaixonando-se por ele.
    • A Vanity Fair observou que Podrick cantar uma canção triste antes de uma batalha esperançosa pode ter sido uma homenagem a Pippin Took fazendo a mesma coisa na adaptação cinematográfica de 2003 de O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei.[2]
  • Este é um dos poucos episódios em que absolutamente ninguém morreu. Nem mesmo seres mágicos (criaturas) ou simplesmente animais (de caça, etc.).

Referências

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.